terça-feira, 19 de julho de 2011

um quase

O tempo vai passando e algo dentro de mim vai-se modificando, deteriorando... Sempre me reconheci como uma adepta fanática do sentimento que serve de combustível aos corações de todos os habitantes do planeta, e continuo a saber que sou sua serva. Mas às vezes, não tenho a certeza de que o que sinto seja o certo. Algo muda dentro do meu corpo, e penso que está a seguir o caminho correcto, o seu destino...
Tudo o que escrevo deve-se ao amor e à fome contínua que sinto dele. Sou vagabunda e estendo a mão à espera que alguma alma caridosa me dê um pouco do seu, me proporcione um segundo de bem-estar interior. Mas é inevitável, como ele não é nenhuma mistura da minha alma e da de outrem, o gosto amargo consome-me os sentidos e tudo o que faço é cuspir. Cuspir no chão, no mundo, e na minha sanidade. É que eu não me refiro a um amor de família, que praticamente toda a gente lhe conhece o cheiro. Refiro-me ao romântico, ao que inspira poetas e pintores, dramáticos e pessoas como eu, que escrevem o que sentem sabendo que as palavras são desperdiçadas e nunca darão em nada.
Sei que quando as brancas se tiverem espalhado pelo resto do meu cabelo, vou relembrar estes últimos anos que vivi, e que ainda vou derramar muitas lágrimas às suas custas. É que eu sempre sonhei com um super-herói, com uma pessoa que não existe que fosse capaz de me tirar o fôlego de cada vez que diz uma única palavra, um alguém que não precisasse de pestanejar para eu saber que existia, um tudo que me deixasse ficar com a sensação que sem ele, eu não seria nada. E por seguir demasiado à risca esses pontos fundamentais que o meu coração me dá a conhecer, vanglorio e devoro romances impossíveis. Sou amante da perfeição apesar de nada ter a ver com ela (quem o tem?), mas é isso que me dá vontade de sonhar. E para sonhar, aqui estou eu. De pés juntos, queixo erguido, e coração aberto.

11 comentários:

  1. *eu a comentar um texto teu*

    1º cuspir para o chão é feio..
    2º está um cadito lindo, pouco.

    <3

    ResponderEliminar
  2. gostaria muito de aquecer o teu coração, deixas-me?
    i already miss you, sister. <3

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que não é de cera :o mas sim uma foto mesmo da família dele :o
    Obrigada minha querida *

    ResponderEliminar
  4. um dia vais encontrar o rapaz ideal. sê feliz e cuida bem de ti, pequenina.

    * esta música, é linda linda, a que tu me disseste. eu costumo muito ouvi-la :)

    ResponderEliminar
  5. Pois minha querida não sei, eu tirei a imagem do we heart it .

    ResponderEliminar