domingo, 8 de agosto de 2010

letter number 2: to my crush




a milionésima carta que te escrevo?

que seja.


meu amor,

a todos os momentos dos meus dias eu sinto saudades tuas. sei bem que estás perto, aqueces-me o coração. às vezes posso até trocar todas as coisas que digo... mas tu sabes bem que eu te amo. digo-to muitas e muitas vezes, e parece que nem assim tu te apercebes da gravidade da situação. é que o que sinto ultrapassa barreiras e destrói possíveis escudos; excede limites e avança escalas.
entendes? respondo por ti: tem dias. tem dias em que sabes o que és para mim, outros que sabes de todo e muito bem o que vai no meu coração (eu sei que os dois parecem a mesma coisa). mas sabes que mais? eu não seria quem sou hoje sem ti. foste o meu autor ao longo destes dois anos de pura amizade. esculpiste cada detalhe a teu gosto e foste-me moldando segundo o teu coração. quantas tantas vezes já te agradeci? têm conta? agora penso: quero escrever uma coisa que lhe toque mesmo lá no fundo. que o faça chorar e querer estar ainda mais perto de mim. mas agora nem sei bem o que dizer. acho que já te disse tudo e todas as coisas que sentia. medo, dor, ciúme, saudade, ... tantos sentimentos que voam entre os meus membros.
és a minha mão-direita. ou não. tu és as minhas duas mãos, as minhas duas pernas, a minha cabeça. és todo o meu eu. tenho toda a certeza que quando cair, tu vais-me levantar; quando chorar, vais-me limpar as lágrimas; quando eu precisar de um ombro amigo, tu vais-me dar um abraço maior que o mundo. eu sei que vais estar sempre lá, sempre.

mas ainda assim, eu consigo sentir saudades tuas. saudades do que não toquei ou cheirei, saudades do que não é completamente meu, mas que eu queria que fosse. trocava tudo o que tenho para te poder ter a ti, sabias disso? trocava. porque tu és mais valioso que todos os bens materiais que eu possa ter.
os nossos planos já estão mais que formulados, mais uns anos... e teríamos uma vida inteira planeada. não era tão bom que fosse real? e que ficássemos juntos? era tudo o que eu queria.
"I'm not gonna write you a love song, 'cause you ask for it, 'cause you need one, you see, I'm not gonna write you a love song, 'cause you tell me it's make or break in this, if you're on your way, I'm not gonna write you to stay, if all you have is leavin', I'm gonna need a better reason, to write you a love song, today, today..." uma razão melhor - para te escrever uma canção de amor - do que para não ires embora é o facto de eu não conseguir, não saber, nem querer viver sem ti. mas a tua presença na minha vida não se dilui... a tua presença na minha vida é como uma fonte onde vou buscar a água que preciso para sobreviver. é a minha fonte de alimento e de felicidade. por isso peço-te, meu príncipe mais que encantado, fica comigo até depois de todo o sempre. fica comigo até estarmos no meio das nuvens ou, se isso lá para o infinito não existir, dá-me a mão quando sentires a minha alma a desvanecer: eu farei o mesmo. é que apenas nesse dia eu irei deixar de pensar em ti e no que nós somos um para o outro, só nesse dia eu deixarei de ser eu para dar lugar a outra pessoa no mundo. aproveitarei o meu último suspiro para colocar a última imagem e a que quero ficar nos meus olhos: nós os dois de mãos dadas.
mas depois, não te preocupes comigo... preocupa-te contigo, porque a única coisa que quero no mundo é que sejas feliz. e depois de os meus olhos deixarem de pestanejar e do meu coração deixar de bater por ti, a única coisa que quero que retires de mim são recordações. prometes que o fazes?

amo-te, agora, e a todos os segundos.

6 comentários:

  1. thaks, querida *
    já te sigo (:
    quanto a este enorme texto tão perfeito e cheio de palavras bonitas e bem apresentadas, ADOREI *, a sério que adorei. a tua escrita é linda e comove qualquer uma pessoa.
    «foste o meu autor ao longo destes dois anos de pura amizade.» - acabou este amor ?
    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  2. Dou-te a minha razão toda, porque afinal é mesmo assim. E uma amizade grande deve valorizar-se a 100%. A vossa é linda. Digo isto só mesmo por este grande texto com grande sentimento.

    Obrigada, é sempre óptimo saber que gostam dos meus textos. Beijinhos, continuarei a seguir * :)

    ResponderEliminar
  3. woooow fabiana, estou a chorar :|
    está LINDO, MARAVILHOSO, e com esta musica, fica perfeito!

    ResponderEliminar
  4. Selo oficial no meu blog. Sff levar, Fabi (:

    ResponderEliminar